segunda-feira, 31 de março de 2014

LEMBRE-SE DO SEU CRIADOR ANTES QUE CHEGUE AQUELE DIA!


Por Fabio Campos

Texto base: Eclesiastes 12.1-7

INTRODUÇÃO.

Na semana passada tive uma experiência que trouxe muita luz acerca do texto que acabamos de ler. Fui levar minha avó de 72 anos no AMA – posto Sé – para realizar alguns exames. Nos corredores, pessoas de todos os tipos [a região central favorece isso]. Mas o que me chamou a atenção foram as pessoas idosas. Mal conseguiam andar e no fim da vida, assim como acontecerá conosco, estavam gastando seus dias e horas em um tratamento.
O livro de Eclesiastes [homem da assembleia] foi escrito por Salomão, Filho de Davi. Sua idade já era avançada. Podemos ilustrar seu escrito comparando a uma conversa de café da tarde entre um “velhinho muito sábio” junto de um “jovem” [não necessariamente uma criança ou um adolescente].

Neste café [representando o livro de Eclesiastes] está sendo passadas informações acerca das “autorrealizações”, “conhecimento”, “morte”, “acumulo de riquezas”, “tempo”, “injustiças”, “trabalhos”, “desejos”, “crise”, “moderação”, “desigualdade”, “sabedoria” e nosso “eterno retorno”. De fato, um excelente livro a todos os homens em tempos de crises.

Partiremos então para as palavras daquele que já está muito a frente de nós:

1. LEMBRA-SE DO TEU CRIADOR ANTES QUE CHEGUEM OS MAUS DIAS

A. A Bíblia ordena que amemos nosso Deus não somente com todo o nosso coração e de toda nossa alma – mas também com “TODA nossa força” (Dt 6.5). Quando falamos de “força”, nossa mente nos leva a figura de alguém forte, com saúde-, estados estes inerente aos jovens.

B. Mas Salomão não trata somente dos jovens e adolescentes. Ele engloba todos aqueles que ainda não disseram, por CAUSA DO SEU FÍSICO e não pelas circunstâncias da vida: “Não tenho mais prazer na vida” (v.1).

C. O verso trata neste contexto [“dias maus”] sendo doenças decorrentes da fragilidade humana. Neste aspecto entra também o fato emocional que afeta o psicológico.

Vejamos o porquê precisamos lembrar-nos do nosso criador:

V. 2 – “Lembre dele antes que chegue o tempo em que você ACHARÁ que a LUZ DO SOL, da LUA, e das ESTRELAS perdeu o seu brilho e que as nuvens de chuva nunca vão embora” (NTLH).

Aplicação: Você não conhece “velhinhos” que reclamam de tudo? Portanto, lembre-se do teu Criador antes que chegue este dia.

V.3“Então os seus braços, que sempre o defenderam, começarão a tremer, e as suas pernas, que agora são fortes, ficarão fracas. Os seus dentes cairão, e sobrarão tão poucos, que você não conseguirá mastigar a sua comida. A sua vista ficará tão fraca, que você não poderá mais ver as coisas claramente” (NTLH).

Aplicação: Sua força não será mais a mesma - seus braços e pernas passarão a tremer sozinhos – há um sério risco que você precise de uma dentadura para poder, pelo menos, mastigar o alimento – e além do mais, sua vista também será afetada. Portanto, lembre-se do teu Criador antes que chegue este dia.

V.4 – “Você ficará surdo e não poderá ouvir o barulho da rua. Você quase não conseguirá ouvir o moinho moendo ou a música tocando. E levantará cedo, quando os passarinhos começaram a cantar” (NTLH).

Aplicação: Sua audição será afetada e mesmo escutando pouco, não vai gostar de barulho algum – o jovem dorme a até tarde, o idoso não consegue passar das 08hs [há exceção]. Portanto, lembre-se do teu Criador antes que chegue este dia.

V.5 – “Então você terá medo de lugares altos, até caminhar será perigoso. Os seus cabelos ficarão brancos, e você perderá o gosto pelas coisas” (NTLH).
Aplicação: Por isso que idosos têm medo de sair de casa – com seus cabelos brancos não terão mais prazer naquilo que tinham com seus cabelos negros ou loiros. Portanto, lembre-se do teu Criador antes que chegue este dia.

2. COMO ENTÃO SERVIR A DEUS?

A. ALEGRIA: “Servir ao Senhor com alegria”. (Sl 100.2).

Pergunte a qualquer filho legitimo de Deus-, caso o Senhor o dissesse: “Todos os seus pecados serão perdoados antes que você morra. Não se preocupe com a salvação. Viva do seu modo satisfazendo os seus desejos e mesmo assim terás a vida eterna”. Pergunte se ele aceitaria tal proposta: ‘Certamente, não’!”, pois o Reino de Deus é paz e alegria”. Nenhum homem vai encontrar mais alegria “nas tendas da perversidade” do que nos “átrios do Senhor” (Sl 84.10).

Como bem disse Paulo em sua confissão:

“Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nele”. – Fp 3.8-9a NVI

B. RETIDÃO: “O que anda na retidão teme ao Senhor, mas o que se desvia de seus caminhos o despreza”. (Pr 14.2 NVI).

As Escrituras dizem que “nem todo aquele que o chama de Senhor”, de fato, lhe pertence (Mt 7.15-23). Ele conhece os que são seus, portanto, afaste da iniquidade todo aquele que professa o nome do Senhor (2 Tm 2.19).

O caráter está acima do carisma – os frutos estão acima dos dons. Só vamos ter a verdadeira paz se andarmos em retidão: Disto disse Agostinho de Hipona:

'Os nossos pecados são as nossas tristezas, deixemos então que a santidade seja a nossa alegria'.

Veja o que diz o salmista: “... a retidão e a paz se beijam” (Sl 85.10).

C. VOLUNTARIEDADE: “Servir a Deus com voluntariedade”.

“Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor”. Js 24.15 AFC

3. TANTO JOVENS COMO IDOSOS PODEM SERVIR A DEUS COM ESTES ASPECTOS

A. Diante do que foi exposto, logicamente, nossos idosos terão sua importância no corpo de Cristo. Disto disse o profeta Joel: “... vossos velhos sonharão” (Jl 2.28).

B. Que promessa maravilhosa a nós e encorajadora aquelas que já cumpriram boa parte do seu ministério. Lembro-me agora de quando pude escutar o Dr. Shedd em um culto de jovens: “Busquem a vontade de Deus para a vida de vocês; quanto a mim, aguardo apenas o chamado do meu Senhor para com Ele morar por todo sempre”.

C. Quanta certeza e temor vieram-me naquela noite. Um homem com mais de oitenta anos “SONHANDO” com um avivamento que, talvez, não irá vê-lo. É possível servir a Deus em qualquer idade com “alegria – com retidão – e com voluntariedade.” ·.

d. Não importa sua idade-, enquanto houver vida, você poderá servir a Deus, pois está escrito: “Todo ser que respira louve ao Senhor” (Sl 150.6). 

REFLEXÃO:

1. Naquele dia irmãos, que estive no hospital com a minha Avó, percebi que na brevidade da vida, em certa idade, os anos são de “canseira e enfado” (Sl 90.10) - mas pior que isso é passar a vida longe de Deus na amargura e na solidão. Daí vem o desespero quando se tá “velho”.

2. O velhinho que nos disse para “lembrarmos-nos do nosso criador quando ainda estivermos jovens”, finaliza o café da tarde com os seguintes conselhos:
“Nós estaremos caminhando para o nosso último descanso; e, quando isso acontecer, haverá gente chorando por nossa causa nas ruas. A vida vai se acabar como uma lamparina de ouro cai e quebra, quando a sua corrente de prata se arrebenta, ou como um pote de barro se despedaça quando a corda do poço se parte. Então o nosso corpo voltará para o pó da terra, de onde veio, e o nosso espírito voltará para Deus, que o deu”. (Ec 12.5-7 NTLH).

CONCLUSÃO:

1. Nossos pecados não nos impedem de servir a Deus, pois ele conhece nossa estrutura, e quando não há hipocrisia, Ele nos purifica de toda imundícia para servi-lo com uma boa consciência.

2. Paulo não alcançou a perfeição, entretanto, nunca deixou de seguir para o alvo. Com firmeza e certeza, no fim de sua vida, Paulo nunca duvidou de quem ele servira, pois tinha certeza que sua fé seria guardada até aquele dia e assim pôde dizer sem nenhuma crise existencial:

“Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda”. 2 Tm 4. 7-8 (NVI).

3. Com qualquer idade e em qualquer situação, Deus nos guardará. Essa é sua promessa: “Eu nunca os deixarei e jamais os abandonarei”. (Hb 13.4 NTLH).

Nada poderá impedir você de servir a Deus. Nosso Senhor Jesus Cristo já consumou tudo para que agora vivamos pela fé, por Ele que nos amou e a si se entregou por nós.

Que Deus te abençoe e alegre seu coração, para que você, o sirva, com todas as suas forças, ainda que sejam poucas.

Soli Deo Gloria!
Fabio Campos
______________________________________________

Sermão pregado na ICTO dia 31/03/2014

sábado, 29 de março de 2014

Líderes manipuladores - PAULO ROMEIRO



Palestra exposta pelo Dr. Paulo Romeiro a respeito do “Culto a Personalidade” do líder.

Certa vez escutei do pastor Paulo que “Deus nos deu autoridade sobre os demônios e não sobre as pessoas”.

Posso pautar esta palavra e fundamentar na seguinte pergunta seguida da resposta de Paulo a Igreja de Coríntios: “Quem é Apolo? Em quem é Paulo? Servos por meio de quem crestes, e isto conforme o
Senhor concedeu a cada um”.
– 1 Coríntios 9.5 (ARA).


Soli Deo Gloria!
Fabio Campos

segunda-feira, 24 de março de 2014

domingo, 23 de março de 2014

NÃO HÁ NADA EM OCULTO QUE NÃO VENHA A SER REVELADO!


Por Fabio Campos

Texto base: Os pecados de alguns são evidentes, mesmo antes de serem submetidos a julgamento; enquanto que os pecados de outros se manifestam posteriormente”. – 1 Timóteo 5.24 NVI


Não há tragédia maior para um cristão cheio do Espírito Santo do que “desonrar o nome de Deus” (Pr. 30.9). Quanto mal traz uma situação exposta quando a “pedra de moinho já está ladeira abaixo”. Todos os que se alegram no pecado pensam que nunca serão descobertos. Seja aqueles que estão no adultério – seja os que estão defraudando alguém – sem exceção - se não se arrependerem, serão descobertos. “Uma hora a casa cai”!

O fruto antes de ser fruto é apenas uma semente. Ninguém vê a semente depois de plantada; o que vemos são os frutos. A Escritura diz que “as obras da carne são conhecidas” (Gl 5.19-21). Se a “igreja” assim como o povo de Israel, no Antigo Testamento, defende os falsos profetas, Deus levanta um Nabucodonosor e expõe a vista de todos através da mídia secular as riquezas dos cinco líderes evangélicos que lhes “trarão muitas dores” (1 Tm 6.10). Deus sempre traz o juízo quando a medida de maldade está cheia (Gn. 15.16). Não se deixem enganar, de Deus não se zomba (Gl 6.7).

Quantas surpresas [negativas] tive no meu pouco tempo de caminhada cristã. Pessoas pelas quais daria minha vida em defesa de sua integridade –, agora descobertas,  enganando a todos já por muito tempo. Irmãos que se afastaram sem dar pelo menos um “tchal”. Foram como o “orvalho do campo” - chegaram de manhã, e a tarde já não existiam mais. O Senhor torna o pecado de alguns evidente justamente para não nos enganarmos com o joio pensando que trata-se de trigo. Muitas vezes pela falta de discernimento chamei “mal de bem e bem de mal”. Que Deus tenha misericórdia!

Até nisto Jesus é bondoso com aqueles que o temem. Ele nos livra de sermos “cúmplices nas obras infrutíferas das trevas” (Ef. 5.12). Do contrário em ser cúmplice, sua ordem é “reprovai-as”. O que eles fazem em oculto, só de falar, nos traz vergonha (Ef. 5.12). Muitas das vezes não entendemos o trabalhar de Deus. Não conhecemos os bastidores do coração do homem. Mas o Espírito sonda até as profundezas. Ele nos priva - e como luz e trevas se opõem - aquele que pratica o mal aborrece a luz e não chega para a luz, a fim de não ser descobertas suas [más] obras” (Jo 3.20).

Se o homem não se converter, Deus afiará sua espada (Sl 7.12). Muitos se acham tão importantes que não percebe o seu pecado (Sl 36.2). Todo filho de Deus é um “pecador arrependido”, diferente daqueles que se alegram da iniquidade. O Senhor repreende e disciplina o homem por causa do seu pecado (Sl 39.11). Todavia, a disciplina não é para os ímpios encharcados na maldade – mas para os filhos. O ímpio de dura cerviz não terá disciplina, apenas juízo - diferente do filho (Hb 12.1-12).

Com muito temor escrevi este artigo, pois está escrito: “... quem conhece os pensamentos do homem, a não ser o homem que nele está” (1 Co 2.11). Como lamento pelas minhas mazelas e pelos meus pecados que sempre estão diante de mim. Quando o Espírito me convence do pecado, da justiça e do juízo naquilo que estou desagradando ao Senhor, a “tristeza segundo Deus que não produz remorso, mas o arrependimento” (2 Co 7.10), me leva a salvação: “os que confessam suas iniquidades alcançarão misericórdia” (Pr. 28.13).


Os homens maus não entende o juízo de Deus (Pr. 28.5). Mas como são felizes aqueles que têm por princípio o temor a Deus. Estes terão os seus pecados encobertos debaixo das asas da misericórdia (Sl 32.1). O Senhor não “leva em conta o seu pecado, pois ele não é hipócrita em sua confissão” (Sl 32.1). Por isso todos os que são fieis oram ao Senhor e quando as muitas águas se levantarem, elas não o atingirão” (Sl 32.6). Que Deus tenha misericórdia da minha vida e me ensine a fazer a vontade dEle, antes da minha. Nos seus desígnios descanso contra todo tipo de acusação, pois “Deus julgará os segredos dos homens, mediante Jesus Cristo” (Rm 2.16).


“Não há nada escondido que não venha a ser descoberto, ou oculto que não venha a ser conhecido.O que vocês disseram nas trevas será ouvido à luz do dia, e o que vocês sussurraram aos ouvidos dentro de casa, será proclamado dos telhados”. – Lucas 12.2-3 NVI


Que Deus nos ajude!

Fabio Campos
fabio.solafide@gmail.com

sábado, 22 de março de 2014

127 ORDENS DE DEUS PARA OS CRENTES [NOVO TESTAMENTO]


 Por Mike Walls


Esta poderia ser uma boa série [de sermões, de meditações, etc.] durante alguns anos:

1. Abster-se de toda aparência do mal. 1 Tes. 5:22

2. Abster-se de todos os desejos carnais. 1 Pd. 2:11

3. Notar os que promovem dissensões. Rom. 16:17

4. Ter horror aos clamores vãos e profanos. 1 Tim. 6:20

5. Evitar a falsamente chamada ciência. 1 Tm. 6:20

6. Evitar as questões loucas. Tito. 3:9

7. Evitar as questões sobre a lei. Tito 3:9.

8. Reconciliar-se com o irmão. Mt. 5:24

9. Ser prudente como as serpentes. Mt. 10:16

10. Ser inofensivo como as pombas. Mt. 10:16

11. Ser agradecido. Col. 3:15

12. Ser paciente para com todos. 1 Tes. 5:14 e 2 Tm. 2:24

13. Estar pronto para responder sobre a razão da esperança que há em vós. 1 Pd. 3:15

14. Ser transformado pela renovação da mente. Rom. 12:2

15. Ser paciente na tribulação. Rom. 12:12

16. Ser como as crianças na malícia. 1 Coríntios. 14:20

17. Ser adulto no entendimento. 1 Cor. 14:20

18. Ser firme. 1 Coríntios. 15:58

19. Ser firme e constante na obra do Senhor. 1 Coríntios. 15:58

20. Ser sempre abundante na obra do Senhor. 1 Coríntios. 15:58

21. Ser unânime entre os irmãos. Rom. 12:16

22. Procurar as coisas honestas. Rom. 12:17.

23. Não deixar que o sol se ponha sobre a sua ira. Ef. 4:26

24. Ser cheio do Espírito Santo. Ef. 5:18

25. Não estar inquieto por coisa alguma. Fp. 4:6

26. Andar honestamente com os que estão de fora. 1 Tm. 4:12

27. Ser manso para com todos. 2 Tm. 2:24

28. Estar pronto para ensinar. 2 Tm. 2:24


29. Contentar-se com o que tem. Hb. 13:5

30. Ser sóbrio e vigilante. 1 Pd. 5:8

31. Não ser como os hipócritas na oração. Mt. 6:5

32. Não temer os que matam o corpo. Lucas 12:4

33. Não se conformar com este mundo. Rom. 12:2

34. Não ser menino no entendimento. 1 Coríntios. 14:20

35. Não se deixar enganar pelas más conversações. 1 Coríntios. 15:33

36. Não andar em jugo desigual com os incrédulos. 2 Coríntios. 6:14-18

37. Não se embriagar com vinho. Ef. 5:18

38. Não se cansar de fazer o bem. 2 Tessalonicenses. 3:13

39. Não ser negligente. Hb. 6:12

40. Não se deixar levar por doutrinas estranhas. Hb. 13:9

41. Acautelar-se dos falsos profetas. Mt. 7:15 e  Fp. 3:2

42. Acautelar-se dos homens maus. Mt. 10:17

43. Guardar-se da avareza. Lucas 12:15

44. Guardar-se do engano [apostasia] dos homens maus. 2 Pd. 3:17

45. Não saudar os falsos mestres. 2 João 10-11

46. Educar os filhos no Senhor. Ef. 6:4

47. Lançar a ansiedade sobre o Senhor. 1 Pd. 5:7

48. Não rejeitar a confiança em Deus. Hb. 10:35

49. Sair do meio do mundo. 2 Coríntios. 6:17

50. Ter alegria quando for posto em prova. Tiago 1:2

51. Tratar os outros como espera ser tratado. Mt. 7:12

52. Desejar o leite da Palavra. 1 Pd. 2:2

53. Fazer tudo para a glória de Deus. 1 Coríntios. 10:31 e Col. 3:17,23

54. Fazer todas as coisas sem murmurações nem contendas. Fp. 2:14

55. Batalhar pela fé. Judas 3

56. Não dar lugar ao Diabo. Ef. 4:27

57. Dar sempre graças por tudo. Ef. 5:20 e Fp. 4:6

58. Persistir na leitura [da Palavra]. 1 Tm. 4:13

59. Portar-se sem escândalo. 1 Coríntios. 10:32

60. Contribuir segundo propôs no seu coração. 2 Coríntios. 9:6,7

61. Dar conforme Deus o tem feito prosperar. 1 Coríntios. 16:2

62. Dar com prontidão de vontade. 2 Coríntios. 8:12

63. Contribuir segundo propôs o seu coração. 2 Coríntios. 9:7

64. Não entristecer o Espírito Santo. Ef. 4:30

65. Crescer na graça e no conhecimento. 2 Pd. 3:18

66. Não ter comunhão com as trevas. Ef. 5:11

67. Apiedar-se de alguns. Judas 22

68. Ter uma boa consciência. 1 Pd. 3:16

69. Reter a Palavra da vida. Fp. 2:16

70. Manter o modelo das sãs palavras. 2 Tm. 1:13

71. Honrar os pais. Ef. 6:2

72. Honrar pai e mãe. Mt. 19:19

73. Honrar as viúvas. 1 Tm. 5:3

74. Honrar as autoridades. 1 Pd. 2:17

75. Deixar de lado toda inveja. 1 Pd. 2:1

76. Deixar de lado toda malícia. 1 Pd. 2:1

77. Não ajuntar tesouros na terra. Mt. 6:19

78. Fazer resplandeça a sua luz diante dos homens. Mt. 5:16

79. Renunciar a si mesmo. Mt. 16:24

80. Repartir com os necessitados. Lucas 3:11

81. Obedecer às leis civis. Rom. 13:1

82. Ninguém se engane a si mesmo. 1 Coríntios. 3:18

83. Que todos examinem a si mesmos na Ceia do Senhor. 1 Coríntios 11:28

84. Que as suas petições sejam conhecidas diante de Deus. Fp. 4:6

85. Que a sua palavra seja sempre agradável. Col. 4:6

86. Revestir-se como eleitos de Deus, santos e amados. Col. 3:12

87. Repartir os seus bens com os que lhe instruem. Gal. 6:6

88. As esposas estejam sujeitas aos seus maridos. Ef. 5:22 e Col. 3:18

89. Que os maridos amem suas esposas. Ef. 5:25

90. Que as esposas reverenciem os maridos. Ef. 5:33

91. Que sejamos todos prontos para ouvir, tardios para falar, tardios para nos irar. Tiago 1:19

92. Orar pelos aflitos. Tiago 5:13

93. Que o adorno das mulheres seja mais interior do que exterior. 1 Ped. 3:3,4

94. Não deixar que a mão esquerda saiba o [bem] que a direita está fazendo. Mt. 6:3

95. Não deixar que o pecado reine em seu corpo. Rom. 6:12

96. Não deixar que o sol se ponha sobre a sua ira. (Ef 4.26)

97. Seguir as coisas que edifiquem. Rom. 14:19

98. Andar no Espírito. Gal. 5:25

99. Não provocar uns aos outros. Gal. 5:26

100. Não se cansar de fazer o bem. Gal. 6:9

101.  Chegar com confiança ao trono da graça. Hb. 4:16 Hb.10:19-23

102. Não abandonar a sua congregação. Hb. 10:25

103. Exortar uns aos outros. (Hb 3.13; 10.24)

104. Deixar tudo que lhe embaraça [na corrida da vida cristã]. Hb. 12:1

105. Correr com paciência a carreira que lhe foi proposta. Heb. 12:1

106. Olhar para Jesus, autor e consumador da fé. Hb. 12:2

107. Oferecer sempre a Deus sacrifício de louvor. Hb. 13:15

108. Receber um ao outro, sem contendas sobre dúvidas. Rom. 14:1

109. Não por tropeço nem escândalo ao irmão. Rom. 14:13

110. Desviar-se dos que promovem dissensões e escândalos. Rom. 16:17 e  Fp. 3:17

111. Orar pelos seus perseguidores. Mt. 5:44 e Lucas 6:28

112. Orar para que o Senhor envie ceifeiros. Mt. 9:38 e Lucas 10:2

113. Apresentar o seu corpo em sacrifício a Deus. Rom. 12:1

114. Revestir-se de um novo homem. Ef. 4:24 e Col. 3:10

115. Revestir-se de toda a armadura de Deus. (Ef 6.11,13)

116. Não extinguir o Espírito. (1Ts 5.19)

117. Considerar-se morto para o pecado. (Rm 6.11)

118. Remir o tempo. (Ef 5.16)

119. Resistir ao diabo. (Tg 4.7 e 1Pe 5.9)

120. Encaminhar os apóstatas com mansidão. (Gl 6.1)

121. Levantar  os joelhos desconjuntados. (Hb 12.12)

122. Procurar [estudar e obedecer para] apresentar-se a Deus aprovado. (2Tm 2.15)

123. Não andar ansioso pelo amanhã. (Mt 6.34)

124. Entender a significação da  Ceia do Senhor. (1Co 11.24-26)

125. Ter cuidado para não desprezar os pequeninos. (Mt 18.10)

126. Ter cuidado de si mesmo e da doutrina. (1Tm 4.16)

127. Apartar-se dos irmãos que andam desordenadamente. (2 Ts 3.6,14)


Pastor Mike Walls - Freedom Baptist Church Smithfield NC –
Traduzido por Mary Schultze


OBS: Recebi este email e no mesmo não continha a "fonte retirada".