segunda-feira, 7 de outubro de 2013

UM POUCO MAIS DE SERIEDADE COM A NOIVA


Por Fabio Campos

Texto base: “A noiva pertence ao noivo”. (Jo 3.29a)

Você já reparou no noivo que presenciou qualquer tipo de maus tratos a sua noiva? O ciúme exercita o seu furor e ele não terá compaixão no dia da vingança, ainda que receba muitos presentes (Pr. 6.34). Mas quem é a noiva e quem é o noivo?

Deus sempre usou desta metáfora para ilustrar seu relacionamento com o seu povo. Ilustra o rico conceito de alegria marital sobre o qual a Bíblia frequentemente fala a respeito desta relação. Uma relação de amor onde Deus se alegra no seu povo e seu povo Nele. “O meu amado é meu e eu sou Dele”. Jesus é o Noivo prometido para o casamento com a igreja. Ele é o noivo Divino que busca Sua noiva em amor e entra em relação de aliança com ela.

Tudo foi muito bem planejado pelo Pai do Noivo. Encaminhou a João Batista a quem as Escrituras dizem ser o “amigo do Noivo” - agia como “padrinho” fazendo os arranjos para o casamento. Tudo muito bem preparado! A respeito disso diz o Noivo em proteção a sua noiva: “Aí daquele que fizer algum dos meus tropeçarem”. O Noivo é zeloso e ama sua Noiva!

Parece quem tem gente que não entendeu este “zelo furioso” do noivo pela noiva. Quantas atitudes e maus testemunhos invadiram nossas denominações. Muitos não conseguem aceitar o “fraco na fé sem discutir opiniões” (Rm 14.1). Mal sabem que Deus o acolheu e Ele é quem o sustenta, pois o servo é Dele e não nosso para tratarmos conforme os nossos “achismos” e nossas “posições teológicas” (Rm 14.2). Sites de fofocas gospel divulgando a nudez da noiva sem o mínimo de temor. O que você acha que o noivo sente quando vê sua noiva sendo zombada e regularizada?

Sabe, Agostinho disse que 'o amor purifica as intenções'. Quanta picuinha e ensinos periféricos são levados aos concílios condenando os supostos “hereges” (pentecostais, reformados, metodistas e batistas). Gente sem escrúpulo fazendo gozação da linha teológica do outro. Não vejo temor de Deus nestes arrazoados. Como Cristo trataria destes assuntos? Veja a apologia de Jesus e entenda que Ele é a imagem visível do Deus invisível [do qual você diz defender]. O Verbo se fez carne e trouxe Luz e Salvação, se compadecendo do rico, do pobre, do grego e do judeu. Até os ignorantes teologicamente comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos e recebem o louvor de Deus. E aí, vai intentar acusação contra os escolhidos de Deus? Cuidado que o Noivo é ciumento e não tolera que falem mal da sua noiva!

Irmãos, que o temor que havia sobre a vida de Paulo seja também sobre a nossa. A igreja de corinto era cheia de mácula e rugas, mas Paulo sabia que o Senhor havia morrido por ela e que a amava: O zelo que tenho por vocês é um zelo que vem de Deus. “Eu os prometi a um único marido, Cristo, querendo apresentá-los a ele como uma virgem pura (2 Co 11.2 NVI). Essa é nossa função se de fato amamos o Noivo. Vamos prestar contas diante de Deus por cada ato e palavra dirigida a noiva. Tudo aquilo que fizermos de bom ou de ruim será imputado em nossa conta celestial. Os hereges e escarnecedores precisam ser denunciados para preservar a pureza da noiva. Mas é necessário cautela para arrancar o joio sem confundir com o trigo.

Que Deus nos ajude em temor a não ridiculizarmos sua noiva amada. A grande parte dos debates e gozações que vemos nas redes sociais está carregada de soberba e de sabedoria mundana - mais preocupados em ostentar o ibope e a eloquência, querendo sempre “estar certo”, tratando aquele pelo qual o Senhor Jesus morreu com muito desdém em favor do diploma teológico ou pela corrente que se acredita. Certamente Jesus não os trataria assim. O noivo está à porta, ansioso pelo matrimonio, esperando sua amada do céu, da parte de Deus. Ele a vê não de modo imperfeito, mas ataviada como noiva adornada para o seu esposo, linda e perfeita.

O noivo se alegra da noiva (Is. 62.5), por isso precisamos de um pouco mais de seriedade para falar a respeito dela, pois ela não é nossa, mas sim Dele. O que nos é resta é apenas isso:

“Regozijemo-nos! Vamos nos alegrar e dar-lhe glória! Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a sua noiva já se aprontou. Foi-lhe dado para vestir-se linho fino, brilhante e puro". (Ap 19. 7-8 NVI)

Soli Deo Gloria!

Fabio Campos