terça-feira, 10 de setembro de 2013

COMO ESTÁ SUA FAMÍLIA?


 

Por Fabio Campos

Deus é uma família (Pai, Filho e Espírito Santo). Cada Um entende perfeitamente sua função dentro da Divindade. O projeto familiar foi arquitetado antes da fundação. No princípio quando Adão fora criado o vazio e carência pela foi suprido pela companhia da Eva. O homem deixará pai e mãe e unir-se-á a sua esposa. Desta abençoada relação se dará a posteridade perpetuando o “sobrenome”.
Isso é família! Este é o projeto de Deus! E não somente um projeto, mas o mais importante projeto. Como temos negligenciado este plano dando “menos importância” dentro de nossa agenda de prioridades! Pessoas que não professam a fé bíblica por muitas vezes dão mais valor a este principio do que alguns que em alta convicção dizem ter a Escritura como única regra de fé e prática. É o caso da mulher Cananéia que tinha sua filha possessa de demônios e foi pedir ajuda ao Senhor Jesus sem medir esforços ainda que taxada de maltrapilha (Mt 15.22). A Bíblia está repleta destas situações.

Família só troca de nome, mas os problemas são os mesmos. Marta “exortando” a Cristo para que demandasse Maria ao serviço doméstico é um exemplo das “picuinhas” entre irmãos (Lc. 10.40). Se você está esperando uma família perfeita para ama-la, de fato, morrerá frustrado. Não existe! É necessário o entendimento que cada um tem sua personalidade e alguns são mais fracos em certas áreas. Mesmo as [famílias] de origem cristã haverá os seus incrédulos. A família de Jesus é prova disso. O “meio” irmão de Cristo, Tiago, converteu-se somente algum tempo depois da ressurreição do Senhor. As crianças crescem e infelizmente alguns escolhem o caminho largo ao invés de andar pelo estreito. O melhor Pai de todos experimentou a dor de ter um filho desviado. É caso de Adão! Mas Deus não deixou de ama-lo! O Pai não deixou de amar seu filho pródigo - com o coração cheio de perdão, esperava todos os dias por sua volta.
O que dizer de Abraão e seu cuidado para com Ló – de Jacó para com seus filhos – de Jó o qual oferecia sacrifícios pelos pecados de seus filhos sem ter a certeza da quantidade das iniquidades por eles cometidas. A humanidade em amor de Davi para com Absalão que tornou inimigo de seu pai; entretanto Davi chorou amargamente a morte do seu filho. O cuidado Deus-Pai no ministério terreno do seu Filho Jesus - a comunhão bendita entre Eles - a reciprocidade e alegria de ambos Um no Outro.

A família é o principal ministério! A validação do chamado passa pelo crivo da experiência primeira em ser pai, mãe ou filho. Às vezes na dinâmica dos nossos compromissos ministeriais damos mais atenção aos de fora do que aos de nossa parentela. Quantas vezes negligenciamos o cuidado que era necessário em nome do “Corbã”. Na época de Cristo, qualquer um que apresentasse no templo uma oferta denominada de “Corbã” [pela tradição dos homens, mas repudiada por Deus], estaria isento de honrar seu pai e sua mãe financeiramente (Mc 7.1-23). Um tipo de “Corbã” tem sido o ponto de apoio para o “conforto da consciência” de alguns sendo a principal justificativa neste chamado.

Irmãos, um telefone não custa muito! Honrar monetariamente é necessário. Visita-los, passar um final de semana. Quão terrível será para aqueles que tardarão em perceber a tolice que estão fazendo em se afastar dos seus preferindo a solidão. Quem vive isolado é o diabo.  Para você ter uma ideia, nem o pior criminoso gosta de viver na “cela solitária”, pois é considerada pelos críticos uma “forma de tortura psicológica”. Ainda há tempo em voltar-se e reconciliar-se com aqueles que estão afastados. Sua família é preciosa! Não importa a religião que eles professam, o status ou o estado que se encontram – você quem é luz e sal. A responsabilidade maior é sua! Quem tem o amor de Deus no coração derramado pelo Espírito Santo é você! Deus não esperou você ama-lo para te amar; antes Provou o seu amor para contigo que te amou quando você ainda era pecador. O amor dar e não espera nada em troca. Deus deu o seu Filho por amor ao mundo. Portanto, a candeia precisa estar no alto para alumiar os de sua volta. Se tiver debaixo do alqueire, como se iluminará o ambiente.
Você deseja ganhar sua mãe, seu pai ou seu filho para Cristo? Ame-os na função de filho, de pai e de mãe. Antes de pregar, seja filho – você mãe ou pai que deseja salvar seu filho, seja mãe e pai. Não negligencie seu papel alegando ser o ministério na igreja mais importante. Está errado quem pensa e age assim! Não queira ser um missionário ou uma missionaria dentro da sua casa se você ainda não tem sido o que a Bíblia diz para você ser: pai, mãe ou filho! Estes são os principais ministérios pelo qual o Senhor te dará vitória e lhe abençoará.

Seja agradável com palavras temperadas. Seja sua moderação e equilíbrio conhecida diante de todos. Deixe o Espírito Santo convencer os seus amados por intermédio de sua conduta. Ame sua família! Perdoe-os e peça perdão - o ministério da reconciliação teve seu alicerce o perdão de Deus, a saber, que Deus estava em Cristo reconciliando o mundo consigo mesmo, não imputando os pecados anteriormente cometidos. Seja Cristão! Se você tem negligenciado os cuidados para com os seus, [e não importa quem sejam], ao invés de bênção, você tem sido uma pedra de tropeço, pois está escrito:

“Se alguém não cuida de seus parentes, e especialmente dos de sua própria família, negou a fé e é pior que um descrente”. – 1 Tm 5.8 NVI

 

Pense nisso!

Fabio Campos
fabio.solafide@gmail.com