segunda-feira, 19 de agosto de 2013

MANUSCRITOS DE MARTINHO LUTERO SÃO DESCOBERTOS NA ALEMANHA


Vários manuscritos de Martinho Lutero, pai do protestantismo, foram descobertos na famosa biblioteca Duque August de Wolfenbüttel, no norte da Alemanha, anunciou a instituição esta segunda-feira.
Um professor alemão de teologia, Ulrich Bubenheimer, foi quem encontrou as anotações, escritas nas margens de um poema e de uma crônica.
Elas "fazem parte das mais antigas escrituras de Lutero conservadas", destacou em um comunicado a biblioteca, particularmente rica em manuscritos da era medieval, incunábulos (impressos com tipos móveis que remontam ao surgimento da imprensa) e livros da época da Reforma.
No total, a descoberta consiste em uma dúzia de anotações feitas por Lutero enquanto estudava em Erfurt (leste) no começo do século XVI. Nelas aparecem várias vezes a palavra latina "fides" (fé) e as datas de nascimento de Isabel da Hungria, uma santa da sua terra, a Turíngia.
Nascido em 1483 e falecido em 1546, Martinho Lutero foi um grande reformista religioso e um dos primeiros escritores da língua alemã. Ele foi autor de uma tradução da Bíblia em língua vernácula.
O luteranismo foi implantado no norte e no centro da Alemanha, onde teve o apoio de príncipes, no norte da Alsácia e nos países escandinavos.
Nota: A imagem posta no blog trata da estátua de Martinho Lutero na cidade de Wittenberg, na Alemanha, em 16 de agosto de 2013 (AFP, Jens Wolf)