quinta-feira, 11 de julho de 2013

CASAR OU SE ARRUMAR?


Por Fabio Campos

Texto base: “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne”. (Gn 2.24 NVI)


Parece que a sociedade ainda não percebeu a importância do matrimônio! Casar virou uma cobiça visando status! Como disse Sêneca: Os homens casam para se divorciar, e se divorciam para casar". O que mais me preocupa é o crescimento do índice de divórcios dentro das igrejas evangélicas. Por motivos banais a carta de repúdio está sendo emitida! Não há mais temor! O amor a Deus acima de todas as coisas foi substituído em “agradar a si mesmo”, sendo que o ensino bíblico diz o contrário (Rm 14.7).


Os ímpios que não têm o temor de Deus estão honrando a relação mais do que os evangélicos. Vemos casamentos sadios, onde o cônjuge se dedica ao outro nos momentos de dificuldades. Algo está errado! “Alguns” irmãos estão casando na “febre da carne” – e “algumas” irmãs estão casando para se arrumar na vida e assegurar o seu futuro. A preocupação maior é com a festa e com o vestido! Sem nenhum problema em realizar as vontades. Mas quantos casais nem tiveram festa e estão aí firmes e fortes - enquanto os “globais” na ostentação dos seus banquetes duraram meses apenas. De fato, com uma base dessas, a primeira tempestade contra a casa certamente acabará em destroços; grande será sua ruína. O alicerce não foi as Palavras de Cristo. A casa foi construída no parâmetro de “felicidade mundana”. O mundo passa com a sua cobiça, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

As mulheres cobiçosas desejam o executivo devido sua riqueza e posição de destaque. As Irmãs estão aderindo o mesmo sistema - mas dentro das igrejas. Optam por aquele que tem um destaque perante os homens - talvez os “ungidos” de títulos altos na cúpula eclesiástica. “Meu marido é um pastor, dizem”.  Que benção! Mas este não é o parâmetro para a escolha! O crivo analítico é com base: É um homem de Deus? É uma mulher de Deus? Ponto! Homens e mulheres que casaram nesta ilusão estão aí frustrados - se já não estiverem separados, o convívio diário, passou a ser uma tormenta.

Tenha em mente - a independência acaba a partir do início do matrimônio! Simples! Ambos serão uma só carne e o que Deus UNIU, não separe o homem (Mc 10.9). Deus odeia o divórcio (Ml 2.16). Portanto, o casamento é indissolúvel! Por isso é digno de honra entre todos - e não importa quem seja, Deus julgará os impuros e adúlteros que foram “pedras de tropeça” para o fim dos relacionamentos (Hb 13.4).

Você tem que ter a consciência do está almejando. O Rev. Hernandes Dias Lopes diz: “Há um ditado chinês que diz que devemos abrir bem os olhos antes do casamento e depois fechá-los. Hoje é diferente. Muitas pessoas parecem fechar os olhos durante o namoro e, depois do casamento, sofrem de insônia e vivem apenas com os olhos abertos, carregando uma grande lupa” [1]. Como diz a música: “Mulher [ou homem] quando namora o que vai ser - depois que a gente casa, a gente vê”. Vigia irmãos, nem todo verde é grama!

A vida de alguém que se separou nunca mais será a mesma! Você carregará para sempre essa marca registrada no cartório: “divorciado”! O casamento é renuncia! Quando as contendas excedem o limite do que é normal pode ter certeza, algum dos dois está com o relacionamento comprometido com Deus. Cuidado com as paixões e aventuras. Certamente isso trará morte e destruição! Você não será o único atingido. O respingo dessas escolhas recairá sobre todos a sua volta. O Rev. Hernandes diz: “O sexo é como um rio: quando este corre dentro do seu leito, leva vida por onde passa, mas, quando sai do leito, gera transtorno, caos e morte” [2]. Algumas atitudes nos trarão danos “irreparáveis”.

O discernimento é necessário! Precisamos entender o valor de uma aliança e a gravidade de quebra-la. Não se arrume! Case, apenas! Não queira ser feliz! Faça o outro feliz! Não entre no matrimonio na paixão da carne, por interesses financeiros, e nem por status. Tudo isso um dia acabará! Como homem e mulher de Deus a sabedoria será por companheira nos parâmetros a serem usados na escolha daquele (a) que será contigo até que a morte os separem.

Que Deus nos ajude a sermos fiéis primeiramente a Ele, pois essa é a nossa segurança para não trairmos uns aos outros. Eu preciso dessa ajuda, pois sou casado! E você, o temor do Senhor tem sido sua sabedoria? Solteiros, Deus os guiará na escolha conforme o temor do seu coração. Tranqueira arruma tranqueira! Homem de Deus atrairá mulheres de Deus, e vice-versa! Então, tema a Deus!

Casamento, depois da salvação, é a coisa mais importante na vida dos seres humanos. Paulo nos disse que não seria fácil (1 Co 7.26), mas pulou para dentro, seja homem e mulher para permanecer (1 Co 11.10). O Senhor não tomará por inocente aquele que banalizar este princípio.

Que Deus nos ajude!

Fabio Campos

Citações extraídas:

[1] LOPES, Hernandes; Casados e Felizes. Ed. Hagnos; P. 15

[2] LOPES, Hernandes; Casados e Felizes. Ed. Hagnos; P.