sexta-feira, 21 de junho de 2013

PSIU...!!! ESCUTA AÍ...!!!


Por Fabio Campos

Texto base: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar”. (Tg 1:19 NVI)


“Quem tem ouvidos, ouçam o que diz o Espírito”! Essa expressão foi muito usada por Nosso Senhor Jesus para alertar o seu povo! Melhor é obedecer do que sacrificar - “o obedecer” está atrelado a um único propósito: “Fazer a Vontade de Deus”! Como saber a vontade de Deus? Escutando suas ordens! Ele não é Senhor? Quem fala e dá ordens é o Senhor. Se você dá ordens a Deus, de fato, os papeis de inverteram. O “senhor” passou a ser você, e Deus passou a ser o seu servo, esperando suas ordens para obedece-las. Coisa dos teólogos da prosperidade! Ouvir é necessário!

Fazer a vontade de Deus é estar do lado de dentro ouvindo, e não do lado de fora falando! Foi isso o que Jesus nos ensinou em Mt 12.46-50. Certa vez, Jesus pregando para as multidões, chegaram sua mãe e seus irmãos, que queriam falar com Ele. Jesus disse que seus irmãos e sua mãe são os que estavam do lado de dentro ouvindo, e não do lado de fora falando: “E, estendendo a mão para os discípulos, disse: ‘Aqui estão minha mãe e meus irmãos’! Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe” (Mt 12.49-50). Não tem jeito, só os que escutam fazem a vontade de Deus. E escutar de verdade resulta em obediência!

Deus procura ouvintes e não colaboradores! Muitos estão como Marta, “ocupando-se no muito serviço”. Entraram em um ativismo ministerial, ao ponto, de se sentirem culpadas por estarem folgando ou descansando. Muita inquietação com muitas coisas! Uma motivação desprovida da graça, fomentada apenas no serviço, de servo para senhor. Se não for por amor, de nada valerá! Deus conhece nosso coração, e como exemplo nos deixou Maria, irmã de Marta. Ela entendeu o principal: “Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo-lhe a palavra” (Lc 10:39 NVI). Maria ficou com a única coisa que de fato é necessário, a qual jamais lhe foi roubada: “Ouvir a Palavras de Nosso Senhor Jesus”. “Quem tem ouvidos, ouça”!

Do muito falar nasce a prosa tola. Nas muitas palavras está o pecado! Quem controla sua língua é sensato! Aquele que fala menos erra menos. Quem fala muito, peca mais; pois dará conta de toda palavra inútil proferida por sua boca. Precisamos ser tardios no falar e pronto a escutar. Aqueles que falam muito dão a entender que sabem demais, e quem sabe demais terá um rigor maior no juízo (Tg 3.1). Antes de falar, escute “o que o Espírito diz”.

A introspecção é necessária! Sem ela não há como examinar a si mesmo! Pessoas muito agitadas, que não tem o tempo devido para o “retiro de sua alma”, de fato, não escutam a voz de Deus. O Senhor fala no silêncio, em uma brisa leve e suave. Seu Senhorio, aquilo que nos tranquiliza e nos tira da agitação de pensamentos e das ansiedades, só podem ser transmitidos pela paz que excede todo o entendimento, quando nos aquietamos: “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus” (Sl 46:10).

Tem bastante gente falando, mas poucos ouvindo! Muitos dirão naquele dia que trabalharam bastante, expulsando demônios, curando, pregando. Só trabalharam, mas não conheciam o seu Senhor. E Jesus dirá: “Nunca vos conheci”. Ouvir é fundamental para fazer a vontade de Deus! E fazer a vontade de Deus, no serviço, requer obediência a sua Palavra, e obedecer em amor. Não por ser servo com medo do patrão, mas por ser filho, movido por amor ao seu Pai.

Soli Deo Gloria!

Fabio Campos