quinta-feira, 21 de março de 2013

FRANCISCO, OS ‘TEÓLOGOS’ DA PROSPERIDADE, E A IGREJA EVANGÉLICA



Por Fabio Campos

Texto base: Por isso, diz a Escritura ao faraó: Eis o motivo por que te suscitei, para mostrar em ti o meu poder e para que se anuncie o meu nome por toda a terra” (Rm 9:17 VC)

          Nos últimos dias o mundo parou para a escolha daquele que a Igreja Católica diz ser o sucessor de Pedro, o Papa. No dia 13/03/2013 saiu a fumaça branca da chaminé, e o mundo conheceu o seu nome: Jorge Mario Bergoglio, Argentino Latino Americano. Despido de joias e ouro, Jorge que aderiu ao nome eclesiástico de Francisco por ter como foco o cuidado dos “pobres e necessitados”, aparece com um crucifixo de “latão”. Seu pedido de oração ao povo de fato demonstrou algo diferente dos pontífices romanos anteriores. Sua proposta foi apresentada tendo como prioridade os valores espirituais, e que o Catolicismo daqui por diante não iria mais cair na tentação de se transformar em uma ONG.

         Quem sabe chegou a hora do Catolicismo rever suas crenças, aquelas que são contrárias a Bíblia Sagrada. Imagine um novo reformador, postando suas teses no Facebook, renegando a “oração pelos mortos”, a “doutrina do purgatório”, a “infabilidade papal”, "o dogma de Maria",  “a mediação dos santos do passado”, enfim. Torço e oro por isso! Muito me marcou uma frase dita nesta semana pelo o Teólogo Leonardo Boff: “A mensagem de Jesus Cristo é generosa demais para ser defendida por uma única bandeira”. Antes das pedradas dos meus irmãos evangélicos, não defendo a bandeira do ‘Universalismo’ (crença que todo mundo será salvo). Apenas prego a Soberania de Deus para cumprimento dos propósitos por Ele estabelecidos:Ele age como lhe agrada com os exércitos dos céus e com os habitantes da terra. Ninguém é capaz de resistir à sua mão nem de dizer-lhe: “O que fizeste”?" (Dn 4:35a NVI).  Interessante que Paulo em Romanos 9 diz  que Faraó foi levantando por Deus para que Seu Nome fosse conhecido perante o mundo. Salvo ou não, Deus usou o faraó para falar algo ao seu povo, e nisto precisamos estar atentos se de fato cremos na Soberania do Deus da Bíblia.

           Por muito tempo Deus falou com os Hebreus, só que eles eram obstinados! Na sua Onipotência, Deus escolheu os gentios para preservar sua mensagem. Poucos são os convertidos a Jesus Cristo oriundo do Judaísmo. O Papa chega com a seguinte mensagem: “A Igreja de Jesus Cristo tem por obrigação a de anunciar o Evangelho em sua essência”. Aquela religião que nosso Pai aceita como pura e imaculada, a de visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo (Tg 1:27), inicialmente, reflete na escolha do nome por Francisco, e aparece ao mundo nababesco com um latão pendurado no pescoço. E os evangélicos aderentes a Teologia da Prosperidade? Este foi “um tapa de película” no rosto daqueles “Apóstolos” e “Bispos” avarentos que detêm a verdade pela mentira. Deus é Maravilhoso! Jesus disse que as prostitutas e publicanos entrariam primeiro no Reino, antes dos religiosos. “Acorda Igreja, o Faraó esta fazendo o papel que é seu"!

         Se Lutero tivesse hoje entre nós, a reforma seria em nosso meio. Deus está falando com a igreja, e não basta ser filho de Abraão para “Defender esta Verdade”, pois das pedras Deus suscita filhos de Abraão (Mt 3.9). Vamos continuar calados e dando escândalos financeiros? Olha o estilo de vida do novo Papa!

         Deus usa quem Ele quer, como Ele quer, e na hora que achar melhor, sem precisar dar satisfação para Teólogo nenhum! Se Ele usar uma jumenta, assim o fará. Até onde chega nosso intelecto sabemos que é “impossível uma jumenta falar”. Mas Deus já fez isto! Muitos estão presos a numerologias dizendo ser o papa o “Anticristo”. Creio simplesmente que o estilo deste pontífice constrangerá muitos daqueles que estão fazendo da Palavra de Deus negócio.

          Se aqueles que deveriam anunciar a Mensagem do Eterno conforme as Escrituras, não estão cumprindo com o seu papel, saiba que Deus não ficará sem testemunha, pois se não clamarmos, as pedras gritarão (Lc 19. 39-40)


SOLI DEO GLORIA!
Fabio Campos