terça-feira, 29 de janeiro de 2013

CERTEZA DE SALVAÇÃO; por Paulo Romeiro


Por Paulo Romeiro

Texto base: “Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida”. (João 5.24)

          Há poucos dias li em algum lugar, e não me lembro onde, que nunca aconteceram tantas conversões no Brasil como nos últimos anos, conversões porém, superficiais. Quanto mais às pessoas se “convertem”, pior o Brasil se torna em termos de corrupção. Aliás, tais flagelos sociais já fugiram do controle do governo. Esse quadro é preocupante. Ele constata que o evangelho pregado hoje em muitos púlpitos não transforma pecadores em santos, revelando a crise de conversão que afeta uma boa parte da Igreja Evangélica.

         Ao oferecer soluções de problemas em detrimento da mensagem salvífica, muitas igrejas evangélicas atraíram multidões que buscam apenas bênçãos materiais e passageiras. Até mesmo o dízimo, muitas vezes, é dado por interesse e não por fé. O próprio Jesus verificou a mesma situação e reagiu com as seguintes palavras: “A verdade é que vocês estão me procurando, não porque viram os sinais miraculosos, mas porque comeram os pães e ficam satisfeitos. Não trabalhem pela comida que se estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna” (João 6.26-27). Assim, muitas pessoas que frequentam as igrejas nunca tiveram um encontro de salvação com Deus através de Jesus Cristo, nunca nasceram de novo. Não existe tragédia maior do que essa: “o perdido achar que está salvo”.

          Jesus mesmo disse que esse engano é possível de acordo com suas palavras em Mateus 7.21-23: “Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? ’ Então eu lhes direi claramente: Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal”!

          E você, já nasceu de novo? Já passou da morte da vida como diz o versículo no início desta reflexão? Você se lembra do momento em sua vida em que teve um encontro de salvação com Deus através de Jesus? Se não tem certeza, tenha-o hoje ainda. Confie em Cristo como seu Salvador pessoal.

Texto extraído do Boletim informativo da Igreja Cristã da Trindade; ano X – Nº 533 – Janeiro / 2013.