quarta-feira, 14 de novembro de 2012

BOAS OBRAS PARA JUSTIFICAÇÃO É PECADO!


Por Fabio Campos

Texto base: “tudo o que não provém da fé é pecado”. (Rm 14. 23b)

         As boas obras sem dúvida são necessárias! Não para salvação, mas para confirmar que de fato é salvo em Cristo Jesus! A Bíblia nos mostra dois tipos de oferta: a de Caim e a de Abel! Deus rejeitou a oferta de Caim, e aceitou a oferta de Abel. Mesmo Caim ofertando, praticando boas-obras, foi rejeitado por Deus. O texto de gênesis não diz que foi pela quantidade ou qualidade que a mesma foi rejeitada, mas hebreus nos dá a resposta exata para tal rejeição: “Pela fé Abel ofereceu a Deus um sacrifício superior ao de Caim” (Hb. 4:12). Abel deu sua oferta por ter crido. Caim por sua vez, queria comprar o favor de Deus mediante sua própria justiça, já que ao ser reprovado, seu semblante caiu, e irado com seu irmão, por ter ele a aprovação de Deus, o matou.

         Algumas pessoas procuram se justificar por meio das boas-obras. Caim ofertou, praticou as boas-obras, e mesmo assim, foi rejeitado. Conforme o texto base para nossa reflexão, Paulo nos diz “tudo o que não provém da fé é pecado”. Por trás de uma ação “bondosa”, assim como Caim, pode ter um homicida. Quando os homens praticam suas caridades, mas não têm a Cristo para justificação, suas obras, para Deus, são trapos de imundícia. Ao invés de subir uma oferta agradável ao Senhor, o que sobe é juízo, por terem rejeitado a justiça que provém de Deus.

         A Bíblia nos diz que sem fé é impossível agradar a Deus! Abraão creu, e isto lhe foi imputado (colocado em conta como crédito) como justiça. Todos os que creem em Jesus como Senhor e Salvador, de fato, praticam boas-obras, no qual Deus de antemão preparou para que andássemos nelas. Você pode aparentar ser um cristão piedoso, dar o dízimo, participar de ministério, mas se não for pela fé, que segue o amor, assim como Caim que esperava ser aprovado por meio da força do seu próprio braço, assim é você, querendo comprar a salvação e as bênçãos de Deus.

         Talvez você seja o irmão mais velho do filho prodigo! Suas insatisfações derivam das bênçãos alheias! Tal fato mostra que, sua satisfação não está em Deus, mas na sua herança. Se for por obras, o pecado bate na sua porta querendo domina-lo. Mas se é pela fé, Deus já o aprovou em Cristo Jesus, e você, por gratidão, e por ter sido regenerado em Cristo, fará as boas-obras. Não para ser salvo, mas porque já é salvo!

SOLI DEO GLORIA!

Fabio Campos