segunda-feira, 15 de outubro de 2012

PORQUE NÃO DEVEMOS DEIXAR DE CONGREGAR


Por Fabio Campos

Texto base: “Não abondemos, como alguns estão fazendo, o costume de assistir às nossas reuniões. Pelo contrário, animemos uns aos outros e ainda mais agora que vocês veem que o dia está chegando”. (Hb. 10:25 NTLH)

         É comum encontrar pessoas que estão feridas com a “igreja instituição”! Alguns com razão e outros não! Entretanto, como lemos em Hebreus, a ordem bíblica é de “não deixarmos de congregar”.

         O culto é o momento onde louvamos a Deus junto dos irmãos. Momentos de devocionais, estudo e oração, estes são diários no secreto. Quando me refiro a culto, digo a reunião dos santos! Esta é de fundamental importância! Pelo menos uma vez na semana o encontro é necessário para se cantar “hinos espirituais e ser ministrado na Palavra de Deus”.

        Congregar, também é fazer parte de uma comunidade. Envolver-se nos projetos da igreja local, usando os dons dados por Deus. Nossa função dentro do corpo de Cristo é exercer o que foi dado a nós mediante a multiforme graça do Senhor. Há um segredo espiritual, no qual todos dependem de todos (1 Co. 12)!

        Quando Jesus ensinou a oração do Pai nosso aos discípulos, repare que sua fala foi no plural. Não há cristianismo com uma pessoa! Mas onde estiverem dois reunidos, ali também estará nosso Senhor. Só há consolação e edificação quando se convive com os irmãos (1 Ts. 5:11).

         Existem situações onde o irmão não está congregando por algum motivo o qual está sendo resolvido. Talvez esteja procurando um lugar no qual julgue ser adequado para servir ao Senhor. Mas estes sentem falta da comunhão, pois sabem que possuem uma família.

        Se você quer agradar a Deus e fazer sua vontade, congregue! Não existe igreja perfeita! Se o líder está com problemas morais, doutrinários, e deliberadamente se recusa a ser corrigido, nesta situação é necessário procurar uma igreja séria para pertencer. Mas as divergências, chateações, problemas, isto sempre fará parte do nosso convívio, tudo devido a nossa dureza de coração. Igreja perfeita? Somente no céu! Quando nosso homem corrupto for transformado em glória. Nisto teremos uma igreja perfeita!

        O motivo que nos leva a não querer mais congregar em igreja nenhuma é o pecado condensado em nosso coração (Hb. 3: 12-13). É impossível alguém dizer que “ama a Deus que não se vê, mas não ama seu irmão que se vê” (1 Jo. 4:20). Se você não tem o desejo de estar junto do povo de Deus, e se diz cristão, algo está errado! Talvez  você não os amou de verdade, e nunca pertenceu ao rebanho (1 Jo. 2:19).

        Amados, procurem uma igreja! Não fiquem sem congregar! Deus nos chamou para andarmos na luz assim como Ele está na luz! Quando estamos em comunhão, o sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado (1 Jo. 1 6-7). Peça a Deus que esquadrinhe seu coração, e te mostre os motivos desse desinteresse. Muitas das vezes é o orgulho em não querer se submeter a ninguém! Deus exalta o humilde, mas abate o soberbo.

        É no convívio que sabemos e compartilhamos as necessidades (Rm. 12:13). Grande benção é pertencer à família de Deus (Ef. 2:19)! Em comunhão temos o privilégio do perdão dos pecados e restauração por meio da confissão; o aprendizado, a exortação com brandura, direcionamento em meio à tribulação e confusão, consolo, e por fim, o fortalecimento do coração!

        Na família de Deus não tem espaço para solidão! A solidão é algo que pertence ao Diabo! Quando você rejeita os filhos de Deus, por Deus também será rejeitado! Mas aquele que der tão somente um copo d’água fria a qualquer um de seus filhinhos, de maneira nenhuma ficará sem recompensa.

        Deus quer você de volta para a família! Creio que Ele está te esperando ansiosamente para festejar sua volta juntamente com seus outros irmãos.


Deus abençoe!
SOLI DEO GLORIA!
Fabio Campos