sábado, 27 de novembro de 2010

O VERDADEIRO LÍDER SERVE E TEM VERGONHA DE SER SERVIDO



JO 13: 1-17 – Jesus lava os pés dos discípulos
No decorrer da história humana, em todos os tempos, épocas e etnias, vemos que a pessoa bem quista é a que exerce autoridade e poder de alguma forma.
Segundo o psicólogo do século XX William James “o mais profundo princípio da natureza humana é a ânsia de ser apreciado”. Ninguém gosta de ser o último, o mais fraco, o menos inteligente, ou seja, “se eu for dessa maneira, não serei aceito pelo os demais”.
Jesus sendo o Criador do homem, conhece mais do que ninguém o coração de suas criaturas. Em sua Soberania, de acordo com a sua palavra, inspirou o apostolo João através de seu Espírito a escrever em sua primeira epístola que, a ostentação dos bens, a soberba da vida e a cobiça dos olhos, provém de uma única raiz; a ânsia exagerada de ser apreciado, ou seja, exercer algum tipo de poder sobre os que estão em sua volta. A ostentação nos leva a mostrar que temos algo e que somos melhores do que os que não têm; a cobiça dos olhos gera a vontade de ter aquilo que a outra pessoa tem para poder ostentar o mesmo; a concupiscência da carne pretende satisfazer o ego, gerando egoísmo, tendo como fruto a disputa pelo poder, resultando em assaltos, mortes, guerras, e uma serie de barbaridades quais nos rodeiam.
Nesse trecho que abordamos em nosso devocional, essa atitude de Jesus mostra sua preocupação para com sua igreja, ou seja, jamais buscar o poder sobre alguém.
Lavar os pés era função do escravo, um serviço desprezível aos olhos da sociedade da época. Minha inquietação é a seguinte; porque os personagens principais são Jesus e Pedro nessa história? Primeiro! Pedro é nomeado como líder dos discípulos e futuro líder da igreja. Agora paramos e pensamos na atitude de Pedro; mesmo querendo demonstrar “humildade” com Jesus, acabou demonstrando orgulho e arrogância quando recusou a lavagem de seus pés pelo Senhor, conforme esta escrito no versículo 8 do texto, “ não nunca lavarás os meus pés”. A resposta do Senhor vem logo no próximo versículo, “se eu não os lavar você não terá parte comigo”. O objetivo de Jesus é mostrar que o reino de Deus é diferente do reino dos homens.


Por que ainda em nosso meio há tantas buscas de títulos e "lideres" autoritários, modelando a igreja que não é dele, tendo como padrão o corporativismo? Mesmo pregando a palavra, falando de humildade, mostrando que vivemos em outro reino, essas atitudes ainda existem na igreja Jesus. Imagine você, mesmo com todos os ensinamentos, Jesus dando o exemplo, infelizmente ainda há isso em nosso meio; se não fossem os ensinos e o exemplos deixados pelo o Senhor Jesus, já estaríamos perdidos nas mãos de lideres maquiavélicos.
Jesus disse que ele é o único mestre e Senhor, mas que preferia ser servo de todos os que estavam sobre o seu comando. Nunca colocou peso sobre as costas de ninguém. Muito pelo contrario, veio tirar o julgo colocado pelos “lideres” religiosos.
Que nós, lideres, nunca esqueçamos que se não fosse a misericórdia de Deus não poderíamos ter chance nem de respirar. Aprendamos a ser servos, lembrando que somos passiveis de erros, mas com um grande desafio, cuidar do rebanho do único Pastor. Não como dominadores dos que lhe foram cofiados a nós, mas por amor a Deus, lembrando que essas ovelhas têm um dono zeloso qual deu a vida por elas. Como esta escrito em 1PE 2:24, “Pois, vocês eram como ovelhas desgarradas, mas agora se converteram ao PASTOR e BISPO de suas almas. Ele é o supremo pastor e pedirá conta de cada alma.
Você líder tem uma escolha a fazer. Qual o modelo de reino você pretende implantar em seu ministério? O modelo deixado pelo Reis dos reis ou o que é oferecido pelo mundo? Se for o modelo de Deus, seus liderados é que serão saciados pelo amor do Senhor. Mas se for o modelo do mundo, seu ego é que será satisfeito junto com as suas concupiscências. A escolha é sua!
Deus abençoe!
Fabio Campos
Sola Christus

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Esboço ministração: BATALHANDO CONTRA AS TENTAÇÕES SEXUAIS



TEMA: DEUS ESTA AO SEU FAVOR NESSA LUTA

Introdução

1TS: 4:7 (NVI) Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade”

Quem gosta de mulher e se sente atraído quando vê uma muito bonita?

Todos os homens (pelo menos deveria ser dessa maneira) tende a se sentirem atraídos por cenas sensuais ou por alguma mulher bonita. Isso é algo normal que aparece em varias ocasiões na Bíblia Sagrada.

JO: 31:1 (NVI) disse: Fiz acordo com os meus olhos de não olhar com cobiça para as moças”.

A cultura brasileira é sensual, pois vemos em todos os lugares coisas eróticas. Produtos que não precisam deste tipo de apelo para sua venda, como é o caso do refrigerante, estão usando esta forma para seu marketing. Ate parece que somos tarados.

Vivemos em uma luta constando contra este pecado.  Nosso inimigo sabe qual nosso ponto fraco e investe nisto aproveitando-se de nossa concupiscência. Nossos olhos são ávidos na busca do sensual.

Existe um hormônio chamado epinefrina que, quando o homem se deparara com alguma imagem sexual, essa substancia é lançada no sangue que mantém na memória qualquer estimulo que estiver presente no momento da excitação emocional.

TI 1:14 (NTLH) Mas as pessoas são tentadas quando são atraídas e enganadas pelos seus próprios maus desejos”

Por um lado vemos homens que amam a Deus, cheios de dons, mas que ao serem atraídos por alguma cena, tende a se enfraquecerem cedendo ao pecado de alguma forma.

Enganamos a nós mesmos falando que vamos passar por aquele canal ou site rapidinho, ou se não, apenas dar uma olhada naquela moça que passa ao nosso lado. Sem percebemos já estamos dominados sem nenhuma força para desligar a televisão, computador ou desviar o olhar.


O PECADO DESTROI COM A NOSSA INTEGRIDADE

Livro: Batalha contra a pornografia pag. 12 “Contamina a mente, delibilita o corpo, agride a alma, desumaniza, envergonha, deprime, entristece, vicia, traumatiza e pode gerar distúrbios psicológicos e psiquiátricos irreversíveis. É como um abismo, no qual aqueles que caem se sentem cada vez mais perdidos e envolvidos nas trevas intensas, de onde é impossível sair sem a intervenção divina”

v CL 1: 13-14 (NVI) Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado,  em quem temos a redenção e, a saber, o perdão dos pecados.”

DEZ ARMAS PARA A BATALHA

1) Reconheça suas fraquezas, vícios e inclinações


Não tenha medo de confessar os seus pecados a Deus, pois Ele é o mais interessado em sua santidade, e deseja ter um relacionamento vivo com você.

2) Reconheça sua impotência diante de tamanha pressão


Deus conhece a sua estrutura e sabe que você veio do pó. Lembra que homens como você estão passando pela mesma dificuldade.

3) Entregue-se a Deus e experimente a vida que Ele tem para você.


Não caia no engano que a tentação é maior do que você.


1 CO (NVI) 10:13 “Não sobreveio tentação a vós que não fosse humana”


TG: 4: 7 (NVI)Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês. Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês!”


A angustia momentânea por não praticar o pecado, não durará para sempre. Jesus é suficiente e supre todas as necessidades de sua alma.

4) Adote a doutrina da amputação quando sua salvação estiver em jogo


Não deixe o pecado te seduzir, antes que ele te seduza, livra-se dele. Afaste das coisas que te fazem pecar.

5) Substitua as coisas que causa a tentação pelas coisas de Deus.


FP 4:8 (NVI) Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas”

6) Assuma um compromisso com Deus de jejuar regularmente para cada tentação.

Livro: A batalha de todo homem:  “Instruir-se sobre Cristo custa algo. Mas viver como Cristo tem um preço muito alto. Reunir algumas centenas de homens em uma conferencia para cantar louvores a Deus e aprender como devemos viver tem algum valor; mas voltar para casa e permanecer comprometido com as mudanças que você disse que faria em sua vida custa muito mais caro”
 pag. 73


 “A maturidade espiritual é sempre ditada por nossa disposição de sacrificar nossos próprios desejos pelos desejos dos outros ou pelos interesses do reino”
 Pag. 201


7) Estenda esse jejum para as suas fontes da tentação


"Jejue" o que te faz pecar como; banca de jornal, televisão, Internet, lugares onde há muito movimentos em que seus olhos se distraíam, passenado pelos lugares desnecessários.

8) Adote um compromisso de separar um tempo diário para oração e leitura da Bíblia.


Tenha o habito de fazer devocionais, estudar a palavra, pois isso enfraquece seus desejos pecaminosos e te aproxima mais de Deus.

9) Não negocie sua salvação


CL 3: 5-7 (NVI) Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria. É por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os que vivem na desobediência,  as quais vocês praticaram no passado, quando costumavam viver nelas”


10) Procure com urgência uma amizade intima


Tenha alguém maduro, de confiança, que você possa se confessar e orar.
O pecado confessado perde a força e Deus é glorificado.

SONHOS FORAM PERDIDOS POR CAUSA DE PECADOS SEXUAIS

Video no Youtube do Pr. John Piper. “Pecado Sexual”

Ele diz o seguinte; “Tiram as mãos do mouse e o céu se abrira para vocês. Eu não tenho nada contra fazermos de tudo para rodear homens e mulheres com proteção contra pecados sexuais. Ate acho uma boa ideia, mas não é o ponto principal. Se for assim que você continuamente luta, você nunca chegará à raiz do problema.


A raiz do problema é este coração renovado, esta alegria e felicidade. Os ossos que Deus quebrou se curam com a alegria da nossa salvação.


O mau uso do belo presente do sexo, é o sintoma de uma doença, e não a doença em si. E é por isso que esse salmo (Salmo 51) não o menciona. “Mas é o problema principal;” ou nós achávamos que era o problema principal. Não é o problema principal. Isso é o problema principal; Torna a dar-me a alegria da vossa salvação (Salmo 51:12). Porque quando essa alegria desaparece, eu clico em pornografia. Quando essa alegria desaparece, eu começo a vagar pelo bairro. Quando essa alegria desaparece, eu dou em cima de outra mulher. Cada pecado é um sintoma da ausência desta alegria!


O que seu coração diz sobre Cristo? Tarde da noite, sozinho, de frente ao computador, mouse pronto para clicar. O que seu coração diz sobre Cristo em relação à pornografia?


Milhares se afastaram do sonho que uma vez sonharam de causar um impacto mundial.


Por cauda de pecados sexuais e fracassos sexuais em suas vidas, milhares tiveram um sonho de serem radicalmente significativos no mundo. Fazendo alguma coisa, sacrificando a sua própria vida para propagar o nome de Jesus pelas cidades, pelas nações, pelos campi, e então.... VOCÊ PERDEU ESSE SONHO. E uma das grandes razões que ele disse; que isso estava se perdendo foi que HÁ TANTA CULPA no sentido de indignidade por causa dos fracassos sexual.


Que a culpa, e a indignidade finalmente transforma-se numa sensação incomoda de impotência espiritual culminando no beco sem saída, no sonho sem saída.


A grande tragédia da vida dos homens cristãos não é a masturbação, não é a fornicação, não é ser alguém que gosta de espiar ou um curioso na internet. A grande tragédia é que satanás usa a culpa de todas essas falhas para arrancar você daquele seu sonho radical. É colocar no lugar uma vida alegre, fora de perigos por prazeres superficiais para que você um dia morra na sua cadeia de balanço a beira do lago enrugado e imprestável, deixando uma grande e gorda herança para seus filhos de meia idade, para confortá-los em seus mundanismos, isso é o que ele quer lhe vender.


Porque você falhou tanto, e a única alternativa é esta, no lugar do que você certa vez sonhou; CRISTO E SEU REINO.


Eu estou te falando isso para que você não desperdice sua vida. Nosso povo esta dominado pela tentação sexual. Por quê? Porque nossas almas se reduziram ao tamanho da tela de um programa de TV. Você pode imaginar? Embebedar-se de novelas ou seriado horas a fio e então ir para uma igreja, onde não se da à mínima atenção para a teologia e imaginar que você terá qualquer fibra na árvore da sua fé? Você só vai tombar é isso que vai acontecer! Então encontre a igreja certa e leia a Bíblia, leia os livros certos. Teologia com paixão por Jesus pode conquistar a biologia.


REFLEXÃO

Vale à pena trocar a vida com Cristo por um prazer momentâneo, ao  qual te levará a morte?

Recapitulação

Ler todos os tópicos

CONCLUSÃO

Vale à pena brigar contra o pecado, nunca desista desta luta, pois Deus conhece seu coração, e é Ele o mais interessado em ver sua alegria.

Soli deo Gloria!

domingo, 21 de novembro de 2010

A MULTIDÃO ESTÁ FAMINTA



Texto: Marcos: 6: 30-34
Acredito que existe uma coisa mais cara que o dinheiro! O tempo!
Em uma grande cidade como a nossa (São Paulo), deparamos com pessoas desesperadas indo e vindo, cumprindo com seus afazeres diários.
Nesse trecho do Evangelho de Marcos constatamos uma situação bem parecida acontecendo com os discípulos do Senhor, apesar da contextualização ser bem diferente da atualidade. Jesus envia-os para uma missão especifica, que é pregar o evangelho, curar os enfermos e expulsar os demônios, um privilégio, mas uma tarefa árdua.
Os discípulos voltaram exaustos após terem cumprido sua missão para com o Senhor, cansados e com fome, Jesus em sua maestria e conhecendo as necessidades humanas, pede a eles que descansem, mostrando o seu equilíbrio e que, tudo na vida precisa de moderação.
Porem, tanto Jesus como os discípulos, depararam-se com uma multidão faminta, parecendo ovelhas desgarradas sem pastor. Mesmo cansado, Jesus se compadeceu devido ao sofrimento daquele povo.
Através dessa situação, olhando para nossas atitudes, perceberemos se realmente o caráter de Cristo esta sendo gerado por meio da seguinte reflexão; nossa pregação é feita por obrigação ou compaixão? A obrigação nos remete a fazer as coisas de qualquer jeito, e o perigo de ministrarmos uma vida sem essa compaixão é grande, pois poderá resultar em grandes vulnerabilidades para quem recebe esse tipo de mensagem; o Evangelho será apenas como um ruido para quem ouve. 
Tem uma multidão faminta lá fora, os alimentos que lhes são apresentados são; drogas, sexo ilícito, bebidas, vaidades e todo tipo de coisas que levam à perdição.
O interessante é que os discípulos só tinham cinco pães e dois peixinhos para alimentar uma multidão que, continha mais de cinco mil pessoas. Deus precisa apenas dos seus dois pães e cinco peixinhos para alimentar uma nação.
O significado da palavra “compaixão” em sua etimologia é “sofrer junto”. Todas as vezes que nos propormos a ajudar alguém, ajudemos com compaixão e não apenas para a contabilização de mais um numero. A partir desse momento, sua face brilhará, e Jesus será glorificado. Mostre esse Jesus maravilhoso ao mundo, proclame que esse amor esta disponível a todos que o aceitarem como um presente enviado de Deus a suas criaturas que, a partir dai passarão a serem chamadas, filhos do altíssimo.
Você tem apenas de apresentar o alimento aos que precisam. O mesmo já foi provido pelo próprio Deus na pessoa de nosso Senhor Jesus Cristo. Ele é o pão da vida que desceu do céu. Quem comer desse pão, jamais terá fome. Mas que fome é essa? A fome espiritual intrínseca no homem. Ele não terá mais necessidade da prostituição, das bebedeiras, das drogas, do reconhecimento humano, e tudo isso será substituído pela paz, alegria, bondade, mansidão, domínio próprio.
Em Jesus a nossa fome é saciada, pois Dele provem tudo o que precisamos para sermos felizes.

Deus abençoe!
Fabio Campos
Soli Deo Gloria

sábado, 6 de novembro de 2010

O QUE SINTO POR VOCÊ



Vou tentar expressar um pouco do que sinto por te pertencer.


A cada dia você me realiza como homem!Ccom suas atitudes amorosas e tão carinhosas demonstradas no dia-a-dia, pela sua conduta como uma mulher que pertence ao Senhor Jesus.


Meu maior desejo é poder honrar nossa família, mesmo quando situações e atitudes disserem não. Este é meu maior compromisso com Deus!


Você é uma mulher linda, apreciada, completa nas minhas exigências de homem. Minha maior felicidade é ver seu sorriso sincero de satisfação por estar ao meu lado; tenho satisfação na sua felicidade.


Você me completa nos mínimos detalhes que ate mesmo você não os percebem. Quando vejo seu esforço em agradar a Deus, passar uma camisa com tanta dedicação, mesmo não saindo igual a da minha mãe (risos), sinto muito orgulho em colocá-la e poder falar que quem passou aquela camisa, passou com o maior amor que uma mulher já teve por um homem. O seu patê, o bauruzinho, o omelete e ate as broncas (mais calma RS) isso tudo está guardado na gaveta secreta do meu coração. Quando estou triste, abro essa gaveta e me alegro por ver o amor de Deus para com a minha vida através de você.


Você é única, é especial, brilhante, muito mais do que pedi e sonhei. Lembra-te de uma coisa, sou um homem com muitos erros, falhas, mas Deus me deu essa incumbência de cuidar de você, e vou glorificar-lo cuidando do meu amor.


Você é preciosa diante do Pai, e preciso com a ajuda do Espírito Santo, tornar essa verdade  tangível em meu dia-a-dia, no nosso relacionamento.


Te amo Milena Campos


Do seu preto, amado, varão, do que você quiser,


Fabio Campos

A COMPAIXÃO RESTAURADORA DE JESUS





Texto base: Marcos 5: 21-43 (A ressuscitação da filha de Jairo e a cura da mulher com fluxo de sangue)


Ter uma fé pura e genuína, no mundo em que estamos, parece ser algo impossível. São muitas as coisas que nos desmotivam, e por um instante o sentimento do medo nos apavora. A vontade de desistir de tudo ganha força em nosso coração.

No entanto, o que podemos tirar de lição neste trecho das Escrituras, é que, as dificuldades sempre caminharão com aqueles que a provocam. Ela não vem sozinha. Infelizmente temos uma “luta” contra alguns “guerreiros” que querem nos desmotivar cujo objetivo é inibir nossa fé.

No caso da mulher enferma, conforme o nosso texto base, seu maior problema não era exatamente o fluxo de sangue, mas aquela sociedade que a desprezava, dificultando sua aproximação de Jesus. A multidão a impedia de chegar até o Mestre. Muitos foram os traumas desta mulher durante esses de doze anos. A Bíblia diz que ela já tinha gasto todo seu dinheiro para livrar-se desta doença.

Com Jairo, também conforme o nosso texto base, são aqueles que “choram com você”, mas não se “alegram com você”. Pessoas dominadas pelo egoísmo e inveja. Ponderam suas vitórias com base nas derrotas dos outros. Sempre querem estar por cima; não têm identidade em Cristo, pois carecem de status humanos.

Tanto Jairo como a mulher, aparentemente estavam sozinhos; porém nunca duvidaram do caráter do mestre. Suas dificuldades tornaram-se pequenas diante deste amor compassivo, que é único e peculiar, isto é, do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. No desespero não ansiamos por respostas filosóficas, mas pelo o braço estendido do Senhor.

Não deixe que pessoas e circunstâncias roube a confiança que você tem em Deus, pois é Ele que tem a palavra final, e em Jesus nós temos o sim e o amém de Deus! 

Jesus nunca mudou; se você está em Cristo, não se esqueça de que te amou, te ama, e sempre te amará! Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente! Afinal, há alguma coisa que pode nos seprarar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, Nosso Semhor?


Em Cristo Jesus, considere este artigo e arrazoe isto em seu coração.

Soli Deo Gloria!

Fabio Campos
fabio.solafide@gmail.com
“A folha branca é o meu púlpito principal.”

Curta nossa página fan page e tenha acesso a vídeos, artigos e reflexões de autores cristãos de todas as épocas: https://www.facebook.com/fabiosolafide/?fref=ts


OLHANDO PARA JESUS COM OS OLHOS DO CORAÇÃO



Texto: Marcos 2: 1-12 (O paralítico levado à Jesus por quatro homens)


A fé em Jesus nos remete a fazer coisas que nós mesmo duvidamos. Barreiras diante de Cristo viram pequenas lombadas; dificuldades se transformam em motivações, ansiando a chegada de mais um grito de vitória.


Os homens que estavam carregando o paralítico não olharam para a multidão que os impediam de chegar até Jesus. Não estava fácil a chegada em seu objetivo, pois alem das dificuldades de carregar alguém naquela circunstância, uma multidão estava em volta do Senhor, e os mesmos seriam taxados de loucos por levarem o homem daquela maneira.


Hoje quando nos deparamos com a frase “não olha para os homens e sim para Deus”, em nosso pensamento logo vem... Mais um jargãozinho..., realmente virou um jargão, porem um jargão que ate mesmo àqueles que os dizem não tem esta verdade em seus corações. 


Essa verdade está de Genesis a Apocalipse, estampadas nas paginas das Santas Escrituras. Nosso problema é que, quando lemos a palavra de Deus, entendemos que as promessas não são para nós. Neste momento inconscientemente acusamos a Deus de injusto, pois é a palavra Dele que diz “Deus não faz acepção de pessoas”.


Deus tem grandes coisas para seus filhos, pois quem recebeu a Cristo como Senhor e Salvador, obtiveram o direito de filiação e participantes da família de Deus. Ele com o seu Filho nos dará “todas” as coisas. Coisas que não são medidas somente no âmbito material, Ele tem muito mais pra você, Ele tem cura para sua alma através do seu perdão, Ele tem uma moeda constituída através de seu sangue para pagar pelos seus pecados e te dar uma nova oportunidade com a sua companhia de fazer um futuro diferente do seu passado.


Ele está com os braços abertos para nos receber a qualquer momento, pois não tem outra especialidade melhor de Jesus do que, perdoar e restaurar. Nele temos a plenitude que tanto nossa alma anseia.


Deus abençoe!


Fabio Campos
Soli Deo Gloria

TROCANDO JESUS POR PORCOS



Texto: Marcos: 5, 1-20 (Jesus e o endemoninhado de Gadara)

          O poder maligno sobre a vida de uma pessoa pode ser muito forte, pois vemos que o único capaz de barrar esta ação é Jesus de Nazaré.

          Satanás age com força por meio de pequenas sutilezas, como é o caso desse trecho que se encontra no evangelho de Marcos.  

          Quando nos deparamos com esse texto, a primeira impressão que temos é de que satanás só está agindo na vida daquele homem possesso explicitamente. E nos esquecemos dos que estavam “totalmente em si”, quando expulsaram Jesus da cidade. Gadara não reconheceu o amor do mestre para com eles, e foi nesta circunstância que, satanás ganhou força, uma força muito maior que a do homem que estava endemoninhado. Como um câncer que mata aos poucos sem avisar a hora do checkmate.

          O povo preferiu ficar com os porcos que eram considerados impuros na época ainda que não fosse em Jerusalém, porque sua criação era o grande negócio do momento na decápolis.

          O diabo é forte nas sutilezas, nos bastidores, por de traz das máscaras, e por fim, no coração do homem. Jesus mesmo disse que, do coração é que saem os assassinatos, adultérios, roubos e outras séries de coisas ruins nas quais nos deparamos ao nosso redor. Sua manifestação quando visível, o homem tende a ser cauteloso, mas quando camuflada, corremos um sério perigo de trocar Jesus por porcos. Aquele o qual taxávamos como endemoninhado, vemos livre aos pés de Cristo querendo serví-lo de todo o coração.

          Que Deus nos dê o discernimento para distinguirmos o que é de Deus e o que é do diabo. Não somente no que estamos acostumados a escutar, mas em coisas que achamos de menos importância e que, quando não cuidadas, de pequenas serpentes, viram grandes dragões.

Deus abençõe!

Fabio_Campos
Soli Deo Gloria